Revollution
Copa Norte
Cadastro / Inscrições
Clique aqui para acessar Sua Conta
As inscrições ON LINE estarão disponíveis no momento adequado para cada prova.
 
 
LAPA/RS - Realiza a Abertura do Paranaense e do Brasileiro de Velocross no próximo final de semana dias 23 e 24/março. Pilotos Gaúchos vamos participar, pois as 03 primeiras etapas do Brasileiro serão realizadas no sul (PR-SC-RS).
 
 
Notícias

 

15/08/2012 - Dias dos Pais foi dia de Rinaldi Gaúcho de Velocross em Tupanciretã

O Rinaldi Gaúcho de Velocross 2012 chegou a sua quarta etapa neste final de semana em Tupanciretã, na região central do Estado, mais de cento e vinte pilotos estiveram na pista montada no Parque Motonáutico, um bonito lugar com muita sombra e boa estrutura para os boxes, a pista de traçado rápido e terreno arenoso com 1.170 metros proporcionou disputas alucinantes nas dezesseis categorias válidas pelo campeonato.

No domingo as atividades começaram cedo, nos boxes a movimentação de pilotos e o ronco dos motores fizeram a adrenalina subir. O público  aproveitou a volta do Gaúcho de Velocross a cidade  para passar um Dia dos Pais diferente, muitos levaram churrasqueiras para a beira do alambrado para conferir de perto as emoções da 4ª etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2012 .

O treino de aquecimento, o warmup, começou as 8:45h, os pilotos que desembarcaram em Tupanciretã no domingo fizeram o reconhecimento da pista, alguns pilotos que treinaram no sábado abriram mão da sessão de treinos do domingo, mesmo assim a pista esteve cheia. A equipe de manutenção de pista deu um verdadeiro show, o trabalho realizado no final da tarde de sábado e nas primeiras horas do domingo deixou a pista perfeita, mesmo com o calor e o vento forte não foram suficientes para levantar poeira.

Confira o que aconteceu na 4ª etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2012.

Fabian Souza surpreende e vence a VX4 Nacional
A primeira categoria a alinhar no gate foi a VX4 Nacional, entre os pilotos destaque para Marco Farias que homenageou o eterno e saudoso campeão João Paulino Jr., o Marronzinho, que faleceu no dia 26 de junho, usando a roupa que era usada por Marronzinho quando era piloto da equipe Honda. Na largada grande disputa na primeira curva entre Elder Pirolli/Tapejara, o Nety (Pampa Motos/Kimoto/Pro Tork) e Marco Aurélio Farias/Lajeado (IMS Racing/Griffing Protetores/Metaltech/MMC Power) e Fabian Souza/Sta. Vitória do Palmar (Jordan Sat Antenas Parabólicas), Nety levou a melhor, mas teve Marco Farias como sua sombra durante boa parte da prova, Marco Farias chegou a assumir a liderança, mas Nety cravou a melhor volta (1:00.707) e conseguiu dar o troco. Na metade da prova a surpresa, Nety e  Marco Faria entraram lado a lado na curva e foram ultrapassados por Fabian Souza que assumiu a liderança da prova, Marco Faria ainda teve trabalho para defender a terceira colocação dos ataques de Moisés Folha/Cristal (Postos Grill/Bob Racing), a quinta colocação também foi intensa entre Ricardo Picolli/Alegrete (MJ Picolli/Itagro Aviação de Qualidade) e Geraldo Silva Gomes/Tupanciretã (Mecânica do Macaco). No final vitória de Fabian, Nety foi o segundo, Marco Faria foi o terceiro colocado, Moisés Folha fechou a prova na quarta colocação e Geraldo Silva Gomes completou o pódio na quinta colocação.

Matheus Hernandes volta a vencer a 50cc
Depois de ficar fora do lugar mais alto do pódio Matheus Hernandes/Rio Grande (Mecânica do Léo) volta a vencer a categoria 50cc, no entanto, na largada Bawer Gomes/Rio Grande (Fruki Bebidas/Quitanda do Português/Volcan Performance Suspencions/RaceTech) assumiu a liderança da prova seguido por Matheus, Erick Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Cleber Pontes Preparações) e Bruno Rigol/Santa Maria (Canis e Felis/Rigol Competições/Moranga Preparações), depois de três voltas Matheus aproveitou o erro de Bawer e assumiu a liderança da prova para não largar mais, Bawer fechou a prova em segundo com Erick em terceiro e Bruno na quarta colocação.

Giovane Pick na VX4 e Maiara Basso na Feminina vence em prova dupla
As categorias VX4 Importadas e Feminina foram disputadas simultaneamente, porém, tiveram a classificação separadas. Na largada Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Postos Central), Lauthério Brauch/S. Lourenço do Sul (Steins Malhas/Agafarma da Deodoro/Willrich Ind. Têxtil/Paulinho Moto Peças/SEM Genéricos) e o piloto da casa Júlio Balzan/Tupanciretã (Azzurra Motos Yamaha) entraram praticamente juntos na primeira curva, depois disso Pick conseguiu abrir uma pequena vantagem na liderança, Lauthério ficou com a segunda  colocação, na terceira curva Balzan fez por dentro e ultrapassou Lauthério, no entanto, na sequência da manobra Balzan e Lauthério acabaram caindo ficando nas últimas  posições, com isso Maiara Basso/Mato Castelhano (Cereais Basso/TBT) partiu para cima de Pick trazendo junto Alexandre Najar/Santa Maria (Grauna Modas Santa Maria) em terceiro, Elder Pirolli/Tapejara, o Nety (Pampa Motos/Kimoto/Pro Tork) e Nicole Manzke/Sta. Vitória do Palmar (Paulinho Moto Peças/Birriga Moto Peças) disputaram lado a lado a quarta colocação. Após o acidente Balzan foi com tudo para tentar recuperar o prejuízo, Lauthério com o guidão virado para baixo seguiu como pode em busca de melhor resultado. Na ponta da frente Pick manteve um ótimo ritmo de prova e não deu chances para que Maiara Basso fizesse a ultrapassagem vencendo a prova de ponta a ponta,  Maiara foi a segunda colocada na geral e vencedora da Feminina, Júlio Balzan cravou o melhor tempo da prova (0:55.559) e chegou na segunda colocação da VX4, Lauthério foi o terceiro, Nety ficou na quarta colocação e Jack Pitaluga/Santo Ângelo (Belparts/MR Pró/Fredy Tintas/Jack Moto Parts). Pela Feminina Nicole Manzke foi a segunda colocada e Cristiele Delgado/Sta. Vitória do Palmar (Valtemar Construtor) foi a terceira colocada.


Jordan Martini vence a segunda na Novatos Nacional
A vitória na terceira etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross  em Jaguarão e o melhor tempo marcado nos treinos cronometrados de sábado credenciaram Jordan Martini (Azzurra-Yamaha/Reko Eixo/Canis e Felis/Auto Giro Veículos/Rigol Competições/MMF Racing) a vitória na Novatos Nacional, porém,  esse favoritismo foi colocado a prova na largada quando Carlos Lorenzini/Lajeado (MMC Power) saiu na frente puxando o primeiro pelotão formado pelos pilotos Filipe Galiotto/Flores da Cunha (Casa Galiotto/Vinhos Galiotto/RR Motoracing), Endriow Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Cleber Preparações/Mecânica Quevedo), Ivan Pilz/Mato Leitão (Agropecuária Pilz), Alexandre Dal Bem/Ibiraiaras (Cereais Dal Bem/Casa das Tintas/MI Metalúrgica/Gil Motos), Martini teve uma péssima largada saindo na última colocação. Carlos Lorenzini bem que tentou, mas não conseguiu segurar os ataques de Gustavo Gusberti/Vila Flores (Campos Preparações/Postos Perlamerica/CFC Construções/Godinho Car/AVAMO Moto Clube) que assumiu a liderança da prova, Martini de recuperação e em pouco tempo já era o segundo colocado. Na segunda metade da prova Jordan Martini foi para cima e conseguiu a ultrapassagem assumindo a liderança da prova, Gusberti ainda cravou a volta mais rápida (0:57.427) mas não conseguiu dar o troco. No final vitória de Martini, Gusberti foi o segundo, Filipe Galiotto fez ótima prova e conquistou  o terceiro lugar depois de grande disputa com Ivan Pilz que fechou a prova na quarta colocação, Carlos Lorenzini completou o pódio na quinta colocação.

Rodrigo Volcan fez as pazes com a vitória na VX3 Importadas
Demorou, mas enfim, Rodrigo Volcan/Pelotas (Volcan Performance Suspencions/Extreme Suplementos/Vó Nelda/Borracharia Pedro Osório/JA Transportes) campeão Gaúcho de Velocross 2011 na categoria VX3 voltou ao lugar mais alto do pódio na categoria VX3 do Rinaldi Gaúcho de Velocross, mas a vitoria não foi tão fácil assim. Na largada Maiara Basso/Mato Castelhano (Cereais Basso/TBT) assumiu a primeira colocação, deixando para Volcan e Fabiano Ribeiro/Passo Fundo (Bato Fitness/Loma Noivas/TBT/ArtCross/Mecânica Zapanetti)  a disputa pela segunda colocação, Júlio Balzan/Tupanciretã (Azzurra Motos Yamaha) foi com tudo para tentar uma melhor sorte na categoria, porém, uma queda na segunda curva fez com que caísse para a última colocação deixando o caminho livre para Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Postos Central) e Cleomenes Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materias de Construção), a poucos metros de completar a primeira volta Volcan assumiu a liderança e tratou de acelerar forte, Maiara e Fabiano começaram uma disputa que durou até a última volta com direito a ultrapassagem de Fabiano e troco de Maira, tudo isso na mesma volta. Após uma queda Cleomenes ficou fora da disputa de um lugar ao pódio abrindo caminho para Balzan que forçou ainda mais o ritmo para marcar a melhor volta (0:56.166) e ultrapassar Giovane PIck. No final vitória para Volcan, com Maiara em segundo, Fabiano em terceiro, Balzan na quarta colocação  e Giovane Pick completando o pódio na quinta colocação.

Felippe Menuzzi vence mais uma na 65cc
O piloto Felippe Menuzzi/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Terramra Terraplanagem) conquistou mais uma vitória na categoria 65cc. Na largada Felippe assumiu a liderança com Matheus Hernandes/Rio Grande (Mecânica do Léo) e Gabriel Costa/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Agropecuária Ibicui/Lancheria do Alemão) disputando a segunda colocação na primeira curva, Matheus saiu em vantagem, mas antes da próxima curva Gabriel já assumiu a segunda colocação, Felippe venceu a prova de ponta a ponta até o final marcando a melhor volta prova (0:59.741), Gabriel foi o segundo colocado, Matheus foi o terceiro colocado e Erick Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Cleber Pontes Preparações)  fechou a prova na quarta colocação.

Luiz Refatti vence novamente a VX3 Nacional
Pela segunda vez o piloto Luiz Reffatti/Alegrete (Preto Ar Condicionado/Sacardi Autopeças/Lezy Rotor Axial) venceu a categoria VX3 Nacional. Na largada Luciano De Conto/Passo Fundo (Tornearia Bramatti/Trevipart/Mecância Zapanetti/Motol) assumiu  a liderança da prova seguido por Marco Aurélio Farias/Lajeado (IMS Racing/Griffing Protetores/Metaltech/MMC Power) e Fabian Souza/Sta. Vitória do Palmar (Jordan Sat Antenas Parabólicas)  e Luiz Refatti, brigando pela quinta colocação vieram Elder Pirolli/Tapejara, o Nety (Pampa Motos/Kimoto/Pro Tork) e Moisés Folha/Cristal (Postos Grill/Bob Racing). Depois de algumas voltas Reffati aumentou o ritmo e conseguiu chegar na segunda colocação, após um erro  De Conto perdeu a liderança e caiu para o terceira colocação, Refatti assumiu a liderança e não largou mais mantendo-a até a bandeirada da vitória,  De Conto forçou para recuperar ao menos o segundo lugar marcando a melhor volta da prova (0:59.358) mas não teve sucesso. Fabian foi o segundo colocado, De Conto o terceiro, Nety fechou a prova na quarta colocação e Marco Farias completou o pódio em quinto.

Sérgio Marques Moraes vence a Intermediária
A categoria Intermediária teve gate cheio em Tupanciretã, na largada Luis Henrique Zottis/Passo Fundo (Artcross/Recomaq/Pato Loco Preparações/Laboratório de Protese Dentária Cleomar) assumiu a liderança da prova seguido de perto por Maiara Basso/Mato Castelhano (Cereais Basso/TBT) e Fabiano Ribeiro/Passo Fundo (Bato Fitness/Loma Noivas/TBT/ArtCross/Mecânica Zapanetti) que disputavam a segunda colocação, um pouco mais atrás Sérgio Marques Moraes/Sta. Cruz do Sul (Zanela Eventos/Works Suspencions), Patrick Machado/S. Vicente do Sul (Marco Autopeças/ Mototech Racing) e Felipe Deloss/Lajeado (Restaurante Deloss/MMC Power/Bioleve/Loticci Radiadores/MMC Power/Boqueirão Desmonte em Rocha) vieram colocados brigando pela quarta colocação, aos poucos Sérgio Moraes foi aumentando o ritmo e partindo para cima dos líderes, em pouco tempo já era o terceiro colocado  cravando a volta mais rápida da prova (0:53.678), Zottis defendeu  liderança dos ataques de Maiara Basso, no entanto, não teve a mesma sorte quando Moraes assumiu a segunda colocação, depois de duas voltas Sérgio assumiu a liderança da prova e Fabiano Ribeiro ultrapassou Maira assumindo a terceira colocação. No final vitória de Sérgio Morais com Luis Henrique Zottis em segundo, Fabiano Ribeiro em terceiro, Maiara na quarta colocação e Felipe Dellos completou o pódio na quinta colocação.

Catarinense vence a 230cc
 
Largada com gate cheio na categoria 230cc, assim que caiu o gate o caterinense Preslei de Carli/Abelardo Luz (Pref. Munic. De Abelardo Luz/Dr. Sérgio Dal Bem/Moto Karusky) assumiu a liderança da prova puxando um pelotão composto pelos pilotos Gustavo Gusberti/Vila Flores (Campos Preparações/Postos Perlamerica/CFC Construções/Godinho Car/AVAMO Moto Clube), Ivan Pilz/Mato Leitão (Agropecuária Pilz), Carlos Lorenzini/Lajeado (MMC Power), Michel Fiel/Encantado (Sicredi Jovem/Dália Alimentos/Fiel Palestras/Sorvetes Sabory) e  Alexandre Dal Bem/Ibiraiaras (Cereais Dal Bem/Casa das Tintas/MI Metalúrgica/Gil Motos), o líder De Carli andou em ritmo muito forte marcando a volta mais rápida da prova (0:59.164), abrindo uma boa vantagem sobre o segundo colocado Gustavo Gusberti, as cinco primeiras posições permaneceram praticamente inalteradas durante a toda a prova. Preslei foi o primeiro colocado, Gustavo foi o segundo, Ivan Pilz foi o terceiro colocado, Lorenzini foi o quarto colocado e Michel Fiel completou o pódio na quinta colocação.

Mateus Basso vence mais uma na VX2
A dobradinha dos irmãos Mateus e Lucas Basso/Gentil (Cereais Basso/TBT) na categoria VX2 não aconteceu na etapa de Tupanciretã. Na largada Mateus assumiu a liderança seguido por Jordan Martini/Santa Maria ((Azzurra-Yamaha/Reko Eixo/Canis e Felis/Auto Giro Veículos/Rigol Competições/MMF Racing) na segunda colocação, Lucas Basso em terceiro, José Augusto Crizel/Pelotas ((Volcan Performance Suspencions Race Tech/Edinho Moto Peças/Gás Brod/JA Transportes) na quarta colocação, antes da segunda curva Crizel sentiu a lesão sofrida na queda durante os treinos cornometrados e tirou a mão, com isso, Rodrigo Von Ende/Tupanciretã (Azurra-Yamaha/Sobre Rodas Veículos) assumiu a segunda colocação. Na ponta da frente da prova Mateus, Jordan e Lucas fazia uma disputa sensacional, mas aos poucos o líder Mateus começou a forçar ainda mais o ritmo e abrir uma vantagem confortável sobre os demais concorrentes, Lucas encostou de vez em Jordan, no entanto, uma lesão no ombro no momento em que faria a ultrapassagem em cima do segundo colocado colocaram em risco a sua permanência na prova, mesmo assim Lucas continuou na prova, Jordan ainda conseguiu completar apenas cinco voltas e parou com problemas na moto, Lucas tirou pela segunda vez o ombro do lugar perdendo a segunda colocação para Crizel que aumentou o ritmo e superou Rodrigo Von Ende  que foi forçado a diminuir o ritmo por conta de uma lesão. No final vitória para Mateus, Guto Crizel foi o segundo colocado, Lucas com o braço machucado terminou em terceiro, Rodrigo Von Ende subiu ao pódio na quarta colocação e Nicole Manzke/Sta. Vitória do Palmar (Paulinho Moto Peças/Birriga Moto Peças) completou o pódio na quinta colocação.

Mateus Basso foi a surpresa na 4Tempos Livre
Mal desceu de uma moto e lá estava novamente Mateus Basso/Gentil (Cereais Basso/TBT) alinhado no gate para a disputa da categoria 4T Livre, Mateus já havia surpreendido no sábado quando fez o melhor tempo da categoria nos treinos cronometrados. Na largada Claiton Portela/Passo Fundo (CR Serviços Empresariais/Lavagem Portela) assumiu a liderança da prova seguido por Mateus Basso,  Dyanos da Silva/Passo Fundo (Mercado Lazzari/Dyanos Lavagem/ArtCross/Rafa Preparações) veio na terceira colocação, mas perdeu terreno e foi superado por Diovane Dias Anselmi/Morro Redondo (Unitel Transformadores/Posto Gaúcho/Gilvan Motos/Retífica do Albio) que cravou o melhor tempo da prova (0:57.493), Jordan Martini/Santa Maria ((Azzurra-Yamaha/Reko Eixo/Canis e Felis/Auto Giro Veículos/Rigol Competições/MMF Racing) e Preslei de Carli/Abelardo Luz (Pref. Munic. De Abelardo Luz/Dr. Sérgio Dal Bem/Moto Karusky). A disputa pela liderança entre Claiton e Mateus foi intensa, no final o piloto de Gentil conquistou a liderança e comemorou a vitória na  categoria 4Tempos Livre, Claiton foi o segundo colocado, Diovane o terceiro, Martini terminou a prova na quarta colocação e Preslei de Carli completou o pódio na quinta colocação.

Felipe Mombach vence a 85cc
A vitória de José Felipe Mombach/Montenegro foi construída assim que o gate caiu. Felipe assumiu a primeira colocação seguido por Felippe Menuzzi/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Terramra Terraplanagem) e Felipe Augusto Pick/Vera Cruz (Transpick Tranportes/Postos Central), os três abriram uma grande vantagem sobre os demais colocados nas primeiras curvas, Michel Andrade/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Lancheria e Pizzaria do Alemão) e Jordan Souza/Sta. Vitória do Palmar (Jordan Sat Antenas Parabólicas) saíram um pouco mais atrás em uma intensa disputa pela quarta colocação. Felipe Mombach imprimiu ritmo muito forte e logo abriu uma boa vantagem para o segundo colocado, Felippe Menuzzi conseguiu defender a segunda colocação dos ataques de Felipe Pick durante três voltas, depois disso falou mais alto o motor da 150cc 4T, assim como Menuzzi Michel Andrade não aguentou a pressão de Jordan e perdeu a quarta colocação. Quando tudo parecia resolvido Felipe Pick fez a volta mais rápida da prova (0:58.753) perdeu a dianteira da moto na curva e acabou sofrendo uma queda e caindo para quarta colocação. No final vitória de Felipe Mombach, Felippe Menuzzi foi o segundo colocado, Jordan Souza foi o terceiro colocado, Felipe Pick foi o quarto colocado e Michel Andrade completou o pódio na quinta colocação.

Sérgio Moraes vence a Estreante
A disputa da categoria Estreante foi intensa durante os pouco mais de cinco minutos que durou a prova. Durante esse tempo Sérgio Marques Moraes/Sta. Cruz do Sul (Zanela Eventos/Works Suspencions) assumiu a liderança da prova na largada e se manteve na ponta com uma boa vantagem, Felippe Deloss/Lajeado (Restaurante Deloss/MMC Power/Bioleve/Loticci Radiadores/MMC Power/Boqueirão Desmonte em Rocha)cravou o melhor tempo da prova (0:55.081), na quarta volta a prova foi interrompida com bandeira vermelha devido a um acidente que forçou a entrada da ambulância na pista. Sérgio Moraes foi o vencedor, Patrick Machado/S. Vicente do Sul (Marco Autopeças/ Mototech Racing), Felipe Dellos o terceiro, Rodrigo Von Ende/Tupanciretã (Azurra-Yamaha/Sobre Rodas Veículos) terminou na quarta colocação e José Augusto Crizel/Pelotas ((Volcan Performance Suspencions Race Tech/Edinho Moto Peças/Gás Brod/JA Transportes) completou o pódio na quinta colocação.

Vitória de Dyanos Silva na Nacional Força Livre
 
A penúltima categoria a alinhar no gate foi a Nacional Força Livre, na largada Claiton Portela/Passo Fundo (CR Serviços Empresariais/Lavagem Portela), Dyanos da Silva/Passo Fundo (Mercado Lazzari/Dyanos Lavagem/ArtCross/Rafa Preparações), Diovane Dias Anselmi/Morro Redondo (Unitel Transformadores/Posto Gaúcho/Gilvan Motos/Retífica do Albio), Márcio Vinzentim/Floresda Cunha (Vinhos Galiotto&Casa Galioto/RR Motoracing/Morangos Vizentim/Mecânica do Pepino/G3 Incorporadora/Dallabetta Lavagem, Elétrica e Borracharia), Maicon Galiotto/Flores da Cunha (Vinhos Galiotto&Casa Galioto/RR Motoracing/Morangos Vizentim/Mecânica do Pepino/G3 Incorporadora/Dallabetta Lavagem, Elétrica e Borracharia) e Luiz Reffatti/Alegrete (Preto Ar Condicionado/Sacardi Autopeças/Lezy Rotor Axial) formaram o primeiro pelotão, nas primeiras voltas Claiton, Dyanos e Diovane forçaram o ritmo da prova, os três andaram bem próximos, na metade da prova Dyanos assumiu a liderança e Luiz Refatti a quarta colocação, a grade briga ficou pela última posição no pódio entre Márcio Vizentim e Maicon Galiotto. No final vitória de Dyanos, Claiton foi o segundo, Diovane o terceiro, Luiz Reffatti confirmou a quarta colocação e Vizentim completou o pódio na quinta colocação.

Dobradinha dos irmãos Basso na categoria VX1
Os irmão Lucas e Mateus Basso/Gentil (Cereais Basso/TBT) mostraram mais uma vez a sua força, principalmente Lucas Basso que havia tirado duas vezes o ombro do lugar na categoria VX2 e mesmo assim alinhou para disputar a VX1. Na largada Mateus e Lucas saíram na frente seguidos por Luis Henrique Zottis/Passo Fundo (Artcross/Recomaq/Pato Loco Preparações/Laboratório de Protese Dentária Cleomar), os três rapidamente abriram uma grande vantagem sobre os demais concorrentes, Rodrigo Volcan/Pelotas (Volcan Performance Suspencions/Extreme Suplementos/Vó Nelda/Borracharia Pedro Osório/JA Transportes), Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Postos Central) e Jordan Martini/Santa Maria ((Azzurra-Yamaha/Reko Eixo/Canis e Felis/Auto Giro Veículos/Rigol Competições/MMF Racing) disputaram a quarta colocação, aos poucos Volcan perdeu rendimento e foi ultrapassado por Pick e Martini, Martini ainda conseguiu superar Pick, mas tomou o troco na volta seguinte. No final vitória incontestável de Lucas Basso, Matues foi o segundo chegando ao lado do irmão, Zottis foi o terceiro, Pick o quarto colocado e Martini completou o pódio na quinta colocação.

A próxima etapa do campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross acontecerá nos dias 08 e 09 de setembro na cidade de Cerro Grande do Sul, na região da Costa Doce.

O campeonato Gaúcho de Velocross 2012 tem o patrocínio master da RinaldiTotal Distribuidora Moto Peças Ltda.IMS e Mobil, co-patrocínio da Belparts e SobreRodas e apoio da  Mecânica ZapanettiM3Parts/Revenda Kawasaki, Vitrine da Moto, FaroverOctano GraphicsKimoto,SSul e Artemoto.

Texto e Fotos: André Charão/Assessoria de Comunicação

 
Próximos Eventos

23/3/2019
LAPA/PR - Abertura do Paranaense e Brasileiro de Velocross 2019

30/3/2019
ARVOREZINHA/RS - Final do Gaúcho Arena Velocross (Noturna)

7/4/2019
CANELINHA/SC - 2a Etapa do Catarinense e Brasileiro de Velocross 2019.

14/4/2019
TIO HUGO/RS - Abertura da Copa Norte de Velocross 2019.

20/4/2019
IBIRUBÁ/RS - Abertura do Gaúcho de MX 2019.

Revollution no YouTube
 
O conteúdo de id "rodape" é inserido aqui