Revollution
Copa Norte
Cadastro / Inscrições
Clique aqui para acessar Sua Conta
As inscrições ON LINE estarão disponíveis no momento adequado para cada prova.
 
 
ATENÇÃO PILOTOS: Dias 25 e 26/MAIO 2ª Etapa Pro Tork Gaúcho de Velocross em Tupanciretã. Dias 08 e 09/JUNHO 2ª Etapa da Copa Norte de Velocross em Marau. Vamos acelerar!
 
 
Notícias

 

11/09/2012 - Rinaldi Gaúcho de Velocross agitou Cerro Grande do Sul neste final de semana

O campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross 2012 chegou a sua quinta etapa neste domingo na cidade de Cerro Grande do Sul na região da Costa Doce. A previsão do tempo que marcou chuva para o final de semana, juntamente com a última etapa do campeonato Brasileiro de Motocross na cidade de Dourados, que teve disputa das categorias Feminina e MXJr. em etapa única, acabaram interferindo na presença de pilotos na etapa. Lucas e Mateus Basso líderes das categorias VX1 e VX2, respectivamente, juntamente com a irmã Maiara Basso, líder da categoria feminina e vice-líder na categoria VX3 abriram mão da etapa de Cerro Grande do Sul para participar do Brasileiro de MX.

A chuva rondou a cidade e a região da pista da Cooppersul durante todo o domingo, no entanto, só foi aparecer quando eram disputadas as últimas categorias. A pista teve um ótimo trabalho de manutenção e esteve em perfeito estado durante a realização do evento, os pilotos aproveitaram ao máximo os 1.200m da pista, deixando as disputas ainda mais intensas e eletrizantes. O público compareceu em grande número e enfrentou a cara amarrada do tempo para acompanhar de perto as emoções da etapa.

Confira o que rolou na quinta etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross em Cerro Grande do Sul.

Elder Pirolli volta a vencer na VX4 Nacional
A emoção na categoria VX4 Nacional começou assim que o gate caiu, Elder Pirolli/Tapejara (Kimoto/Pampa Motos/Pro Tork/Mecânica Zapanetti) assumiu a liderança na largada, logo atrás Fabian Souza/Santa Vitória do Palmar (Jordan Sat Antenas Parabólicas) partiu para o ataque, na segunda volta Fabian já era o segundo colocado e começou abrir uma vantagem sobre Elder, Nilton Brignol/Pelotas (Gil Motos/Paris Duty Free Shop/Tintas Farben/Vedacit Impermebializantes), Marco Aurélio Farias/Lajeado (IMS Racing/Griffing Protetores/YPF Lubrificantes), Moisés Folha/Cristal (Posto Grill/Bob Racing) e Gilvan Nizzoli/Morro Redondo (Gilvan Motos/Wetzel Auto e Moto Peças/Posto do Gaúcho/Retífica do Álbio) formaram o segundo pelotão. Gilvan caiu na segunda volta e teve que fazer uma prova de recuperação, antes da metade de prova Moisés foi para o ataque, cravando a melhor volta da prova (0:59.958) e assumindo a terceira colocação, o líder Fabian  caiu e ficou na última colocação deixando a liderança novamente para Elder Pirolli, à partir daí Moisés Folha  foi com tudo para cima do líder, a disputa pela vitória foi intensa e durou até a bandeirada. No final vitória de Elder, Moisés foi o segundo, Marco Farias foi terceiro colocado, Nilton Brignol terminou na quarta colocação e Gilvan Nizzoli fechou o pódio na quinta colocação.

Bawer Gomes vence a 50cc
O vencedor e as cinco primeiras posições da categoria 50cc foram definidos assim que o gate caiu, Bawer Gomes/Rio Grande (Quitanda do Português/Fruki Bebidas/Volcan Performance Race Tech) aproveitou que o líder do campeonato Matheus Hernandes/Rio Grande (Mecânica do Léo) ficou no gate com problemas no cabo do acelerador e assumiu a liderança da prova, Erick Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Moura Pescados/Cleber Pontes Preparações e curso de Pilotagem)veio logo atrás, os dois abriram uma grande vantagem sobre Arthur Costa Barcelos/Capão do Leão (Cia Alimentos Costa), Eduarda Conazatti/Curitiba-PR  e Eric Silva/Cerro Grande do Sul (Careca Competições/Jaques Motos). Os líderes chegaram a colocar uma volta em cima de Matheus que ainda tentava de todos os jeitos entrar na primeira curva da pista. No final vitória e volta mais rápida para Bawer (1:18.886), Erick foi o segundo colocado, Arthur foi o terceiro colocado, Eduarda foi a quarta colocada e Eric Silva fechou o pódio na quinta colocação.

Vitória de Giovane Pick e Nicole Manzke em prova dupla
As categorias VX4 e Feminina largaram juntas na quinta etapa em Cerro Grande. Na largada Antônio Viana/Jaguarão (Paris Duty Free Shop) fez ótima largada e saltou na frente, Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Posto Central) e Lauthério Brauch/S. Lourenço do Sul (Steins Malhas/Agafarma da Deodoro/SEM Genéricos/Paulinho Moto Peças/Willrich Indústria Têxtil/Clínica André Guerreiro Traumatologia) vieram logo atrás, assim que completaram a primeira volta Pick cravou o melhor tempo da prova (0:54.587) e assumiu a liderança da prova, não demorou muito e Lauthério assumiu a segunda colocação, enquanto Pick administrava Elder Pirolli/Tapejara (Kimoto/Pampa Motos/Pro Tork/Mecânica Zapanetti), Moisés Folha/Cristal (Posto Grill/Bob Racing)  e Nicole Manzke/S. Vitória do Palmar (Paulinho Moto Peças/Birriga Moto Peças) aproveitaram a falta de ritmo de Antônio Viana e o deixaram para trás. No final, pela categoria VX4 vitória de Giovane Pick, Lauthério em segundo, Elder Pirolli em terceiro, Moisés em quarto e Nicole Manzke na quinta colocação. Pela categoria Feminina vitória de Nicole com Cristiele Delgado/S. Vitória do Palmar (Valtemar Construtor) na segunda colocação.

 

Terceira vitória de Jordan na Novatos Nacional
A categoria Novatos Nacional teve pela terceira vez consecutiva o mesmo vencedor, Jordan Martini/Santa Maria (Auto Giro Veículos/Azzurra Yamaha Team/MMF Racing/Rigol Competições/Guilherme Vieira) subiu mais uma vez no topo do pódio da categoria. Na largada Alexandre Dal Bem/Ibiraiaras (Cereais Dal Bem/Gil Motos-Pelotas/MI Metalúrgica/Casa das Tintas) assumiu a liderança da prova seguido por Felipe Gallioto/Flores da Cunha (Vinícola Gallioto/Casa Gallioto/RR Moto Racing/Morangos Vizentim/G3 Incorporadora/Mecânica do Pepino), Endreow Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Moura Pescados/Cleber Pontes Preparações e curso de Pilotagem) e Ivan Pilz/Mato Leitão (Agropecuária Pilz), Jordan não fez uma boa largada e ficou no segundo pelotão. Dal Bem tratou de forçar o ritmo e defender a liderança dos ataques de Endreow que chegou a assumir a liderança da prova, Gallioto aos poucos perdeu rendimento e colocações. Antes da metade da prova Endreow assumiu a liderança da prova e deixou Dal Bem na segunda colocação sofrendo a pressão de Jordan. Com um erro de Endreow na curva da entrada da reta Dal Bem reassumiu a liderança, no entanto, Jordan forçou o ritmo e assumiu a primeira colocação. Endreow conseguiu manter a terceira colocação mesmo sofrendo pressão de Felipe Mombach/Montenegro (Supermercado Mombach). No final vitória de Jordan com direito a volta mais rápida (0:58.971), Dal Bem foi o segundo, Endreow o terceiro, Felipe Mombach o quarto colocado e Ivan Pilz líder do campeonato fechou o pódio na quinta colocação.

Rodrigo Volcan vence a segunda seguida na VX3
A categoria VX3 alinhou após o intervalo e manutenção de pista, Rodrigo Volcan/Pelotas (Volcan Performance Race Tech/Extreme Suplementos/Vó Nelda/JA Transportes/Borracharia Pedro Osório) assumiu a liderança assim que o gate caiu, muito focado e muito concentrado Volcan fez uma prova sem erros, com isso a vitória veio de ponta a ponta, logo atrás Fabiano Ribeiro/Passo Fundo (Loma Noivas/TBT/Bato Fitness/ArtCross/Mecânica Zapanetti), líder do campeonato cravou a volta mais rápida (0:55.078) tentou encostar em Volcan para tentar a ultrapassagem, porém, preferiu administrar a prova evitando riscos de ficar fora do pódio, Cleomenes Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materiais de Construção) teve um ótimo desempenho na prova e conquistou a terceira colocação, Lauthério Brauch/S. Lourenço do Sul (Steins Malhas/Agafarma da Deodoro/SEM Genéricos/Paulinho Moto Peças/Willrich Indústria Têxtil/Clínica André Guerreiro Traumatologia)   que havia largado na terceira colocação foi ultrapassado por Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Posto Central)   que assumiu a quarta colocação, Lauthério fechou a prova na quinta colocação.

Vitória de Felippe e show de Gabriel Costa na 65cc
Acostumado a vencer e dar um grande espetáculo nas pistas, Felippe Müller Menuzzi/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Terramar Terraplanagem), foi um mero coadjuvante na categoria 65cc em Cerro Grande do Sul. Na largada Felippe assumiu a liderança seguido por Gabriel Costa/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Agropecuária Ibicui/Lancheria do Alemão), Mickael Teixeira/Capão do Leão e Matheus Hernandes/Rio Grande (Mecânica do Léo), nas primeiras curvas Felippe e Grabriel abriram boa vantagem sobre os demais concorrentes, no entanto, antes mesmo de abrir a primeira volta Gabriel perdeu e muito, o rendimento de sua moto, Gabriel se arrastava pela pista e viu todos os pilotos passarem o deixando na última colocação. Após levar uma volta e solucionar o problema da  moto Gabriel veio com sede de recuperar o tempo perdido, Enquanto o líder Menuzzi mantinha a liderança cravando volta mais rápida após volta mais rápida 1:00.786 a melhor delas, Gabriel barbarizava na pista buscando um a um os concorrentes que abriram uma pista inteira de vantagem. Na última volta, depois de colar no terceiro colocado Gabriel conseguiu a ultrapassagem e ainda tentou assumir a segunda colocação chegando meia moto atrás do segundo  colocado. No final Felippe Menuzzi foi o vencedor, Mickael foi o segundo, Gabriel o terceiro, Matheus o quarto colocado e Erick Bom Reis/Rio Grande (Caio Pescados/Moura Pescados/Cleber Pontes Preparações e curso de Pilotagem) fechou o pódio na quinta colocação.

Luiz Refatti vence VX3 Nacional em prova sensacional
A categoria VX3 Nacional teve uma prova sensacional em Cerro Grande do Sul, Luiz Refatti/Alegrete (MMC Power/Lezy Rotor Axial/Sacardi Auto Peças/Pretto Ar Condicionado e Auto Elétrica) e Luciano De Conto/Passo Fundo (Tornearia Bramatti/Teta Preparações/Trevipart/Motul/Mecânica Zapanetti) fizeram uma grande disputa pela vitória da categoria. O pega entre os dois começou assim que o gate caiu, Refatti e De Conto andaram mais de três voltas praticamente lado a lado, De Conto levou vantagem e saiu na frente, após três voltas a pressão de Refatti deu certo e Refatti assumiu a liderança da prova, De Conto continuou próximo, mas volta a volta a vantagem do líder aumentava, no segundo pelotão, Elder Pirolli/Tapejara (Kimoto/Pampa Motos/Pro Tork/Mecânica Zapanetti), Marco Farias/Lajeado (IMS Racing/Griffing Protetores/YPF Lubrificantes) e Fábio Monteiro/Rio Grande (Caio Pescados/Mecânica Quevedo) brigaram por um lugar no pódio. Nas últimas voltas De Conto cravou a volta mais rápida (0:58.198) e colou no líder, pressionando até o final, Refatti venceu com menos de uma moto de vantagem, Elder Pirolli foi o terceiro colocado, Fábio Monteiro terminou no quarto lugar e Marco Farias fechou o pódio na quinta colocação.

Sérgio Marques Moraes vence a Intermediária
As disputas na quinta etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross foram muito fortes e muitas categorias permaneceram em aberto até a última volta, a categoria Intermediária foi uma delas. No entanto, os cinco lugares do pódio foram praticamente definidos assim que o gate caiu. Na largada Sérgio Marques Moraes/Sta. Cruz do Sul (Zanela Eventos/Works Suspensions/Transpick Transportes/Postos Central) assumiu a liderança da prova seguido por Fabiano Ribeiro/Passo Fundo (Loma Noivas/TBT/Bato Fitness/ArtCross/Mecânica Zapanetti),, Alcides Bristot/Sertão Santana (AB Terraplanagem/Lauro Motos/Posto Rosenau), Weslen Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materiais de Construção), Cleomenes Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materiais de Construção) e Charles Oliveira/Camaquã (Charles Motos/Tormec Máquinas). A grande disputa ficou  pela liderança da prova entre Moraes e Ribeiro, Alcides que vinha na terceira colocação perdeu rendimento e algumas posições ficando fora do pódio. No final vitória de Sérgio Moraes, Fabiano Ribeiro marcou a melhor volta da prova (0:54.616), porém terminou em segundo, Weslen foi o terceiro, Cleomenes foi o quarto colocado e Charles fechou o pódio na quinta colocação.

Emerson Rafael vence a 230cc
A categoria 230cc teve grandes disputas, tanto pelas primeiras colocações, como pelas posições no pelotão intermediário. Na largada novamente Alexandre Dal Bem/Ibiraiaras (Cereais Dal Bem/Gil Motos-Pelotas/MI Metalúrgica/Casa das Tintas)  assumiu a liderança prova, logo atrás na segunda colocação estava Emerson Rafael/Gramado Xavier (Supermercado Flor da Serra/Gigi Preparações), Ivan Pilz/Mato Leitão (Agropecuária Pilz), Getúlio Acosta/São Borja (Moto Giro Racing/Mecânica do Domingo/Mercado Chesine/Academia Swcharzenegger), Felipe Mombach/Montenegro (Supermercado Mombach) e Cassiano Portela/Passo Fundo (CR Serviços Empresariais/Lavagem Portela) vieram colodos fazendo o primeiro pelotão, Jordan Martini/Santa Maria (Auto Giro Veículos/Azzurra Yamaha Team/MMF Racing/Rigol Competições/Guilherme Vieira) novamente não fez uma boa largada e acabou ficando de fora da disputa depois da primeira volta com problemas no motor. A prova foi intensa até as últimas voltas, quando foram definidos os cinco lugares no pódio. Dal Bem em grande prova manteve a liderança até a penúltima volta quando Emerson marcou a volta mais rápida (0:59.403) e conseguiu a ultrapassagem em cima de Dal Bem, Getúlio em grande ultrapassagem conquistou a terceira colocação em cima de Ivan Pilz, Felipe Mombach fechou a prova na quinta colocação.

Sérgio Moraes fatura a VX2 e Estreante Importada
As categorias VX2 e Estreantes Importadas foram disputas em conjunto, no entanto a classificação foi separada, mesmo assim, as categorias tiveram o mesmo vencedor. Na largada Weslen Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materiais de Construção) assumiu a liderança da prova seguido por Alcides Bristot/Sertão Santana (AB Terraplanagem/Lauro Motos/Posto Rosenau), Augusto Crizel/Pelotas (Gás Brod/Volcan Performance Race Tech/JA Transportes) e Tobias Cecconelo/Flores da Cunha (Casa Bela Construtora/Guaresi Imóveis), Sérgio Moraes/Sta. Cruz do Sul (Zanela Eventos/Works Suspensions/Transpick Transportes/Postos Central) saiu na sexta posição e partiu para recuperar o prejuízo, em menos de duas voltas já estava na liderança da prova e marcava o melhor tempo da prova (0:55.516), à partir daí Moraes apenas administrou a liderança até o final. Os três primeiros colocados foram os mesmos nas duas categorias, Sergio em primeiro, Weslen em segundo, Augusto em terceiro, pela categoria VX2 o quarto colocado foi Alcides Bristot e Nicole Manzke (Paulinho Moto Peças/Birriga Moto Peças) ocupou a quinta colocação, pela categoria Intermediária Alano Stolf/Camaquã (Yamasul)foi o quarto colocado e Tobias o quinto colocado.

Márcio Vizentim vence a 4 Tempo Livre
A categoria 4 Tempo Livre foi de tirar o fôlego, a prova foi dinâmica com várias trocas de posições, a definição do vencedor e dos cinco primeiros colocados aconteceu somente nas últimas voltas. Na largada Luciano De Conto/Passo Fundo (Tornearia Bramatti/Teta Preparações/Trevipart/Motul/Mecânica Zapanetti) assumiu a liderança da prova, logo atrás dele aparecia Márcio Vizentim/Flores da Cunha (Vinícola Gallioto/Casa Gallioto/Morangos Vizentim/RR Motoracing/G3 Incorporadora/Mecânica do Pepino), os dois abriram um pouco do segundo pelotão que trazia Emerson Rafael/Gramado Xavier (Supermercado Flor da Serra/Gigi Preparações), Claiton Portela/Passo Fundo (CR Serviços Empresariais/Lavagem Portela/Tornearia Bramatti), Maicon Gallioto/Flores da Cunha (Vinícola Gallioto/Casa Gallioto/Morangos Vizentim/RR Motoracing/G3 Incorporadora/Mecânica do Pepino/Dallabetta-Lavagem-Elétrica-Borracharia) , Dyanos da Silva/Passo Fundo (Rafa Preparações/Dyanos Lavagem/Mercado Lazzari/ArtCross/Velokos) e Jordan Martini/Santa Maria (Auto Giro Veículos/Azzurra Yamaha Team/MMF Racing/Rigol Competições/Guilherme Vieira)  , Diovane Anselmi/Morro Redondo (Gilvan Motos/Wetzel Auto e Moto Peças/Posto do Gaúcho/Retífica do Álbio)  largou mal e teve que correr atrás do prejuízo. Aos poucos no decorrer da prova começaram as alternâncias de colocações, depois de grande disputa Márcio assumiu a liderança deixando De Conto em segundo recebendo a pressão de Maicon Gallioto, Emerson Rafael assumiu o terceiro lugar de Gallioto, Claiton começou a perder rendimento e perdeu terreno, Jordan Martini e Dyanos abandonaram a prova com problemas mecânicos e Diovane Anselmi que se aproximava dos líderes caiu e teve que recuperar novamente. No final vitória de Marcio que ainda marcou o melhor tempo da prova (0:58.406), De Conto em segundo, Emerson Rafael em terceiro, Maicon Gallioto garantiu o quarto lugar no pódio depois de disputar na reta de chegada a posição com Diovane Anselmi, que fechou o pódio na quinta colocação.

Leonardo Tenedini vence a 85cc
Fazendo a primeira participação no Gaúcho de Velocross, Leonardo Tenedini/Porto Alegre (Restaurante Clube do Comércio/Bob Racing) estreou com vitória de ponta a ponta. Na largada  Tenedini assumiu a primeira colocação seguido por Felipe Mombach/Montenegro (Supermercado Mombach), Felippe Menuzzi/Dom Pedrito (Joel Oficina de Motos/Terramar Terraplanagem) e Felipe Augusto Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Postos Central) e Michel Andrade/Dom Pedrito (Lancheria e Pizzaria do Alemão). Enquanto Tenedini cravava a melhor volta da prova (0:59.499), Felippe Menuzzi, líder do campeonato na categoria fazia de tudo para manter a segunda colocação, a pressão de Pick foi muito grande e duas voltas depois Pick era o terceiro colocado, Menuzzi ainda tentou segurar a quarta colocação, mas a pista favorecia as motos de 150cc, com isso acabou perdendo a quarta colocação para Jordan Souza/Sta. Vitória do Palmar (Jordan Sat Antenas Parabólicas), após a prova seguiu sem alteração entre os cinco primeiros colocados. Tenedini foi o primeiro, Felipe Mombach o segundo, Felipe Pick o terceiro, Jordan Souza o quarto colocado e Menuzzi completando o pódio na quinta colocação.

Dyanos Silva vence a Nacional Força Livre
A exemplo do que aconteceu na categoria 4 Tempos Livre, a disputa da penúltima categoria do domingo também foi recheada de emoçãoNa largada Márcio Vizentim/Flores da Cunha (Vinícola Gallioto/Casa Gallioto/Morangos Vizentim/RR Motoracing/G3 Incorporadora/Mecânica do Pepino) assumiu a liderança da prova com Claiton Portela/Passo Fundo (CR Serviços Empresariais/Lavagem Portela/Tornearia Bramatti), Maicon Gallioto/Flores da Cunha (Vinícola Gallioto/Casa Gallioto/Morangos Vizentim/RR Motoracing/G3 Incorporadora/Mecânica do Pepino/Dallabetta-Lavagem-Elétrica-Borracharia), Dyanos da Silva/Passo Fundo (Rafa Preparações/Dyanos Lavagem/Mercado Lazzari/ArtCross/Velokos) e Jordan Martini/Santa Maria (Auto Giro Veículos/Azzurra Yamaha Team/MMF Racing/Rigol Competições/Guilherme Vieira), Diovane Anselmi/Morro Redondo (Gilvan Motos/Wetzel Auto e Moto Peças/Posto do Gaúcho/Retífica do Álbio) e Luciano De Conto/Passo Fundo (Tornearia Bramatti/Teta Preparações/Trevipart/Motul/Mecânica Zapanetti) logo atrás, todos na mesma balada. Claiton Portela logo deu adeus a prova com problemas mecânicos, Diovane Anselmi teve mellhor desempenho e se manteve entre os líderes, na segunda metade da prova a surpresa, como quem não quer nada Dyanos acompanhou o ritmo dos demais, nas últimas voltas apareceu como um foguete para sair da quarta colocação e assumir a liderança, Diovane aproveitou o embalo do novo líder de prova, marcou a volta mais rápida (0:59.169) e assumiu a segunda colocação deixando Vizentim em terceiro, Maicon Gallioto foi o quarto colocado e De Conto fechou o pódio na quinta colocação.

Rodrigo Volcan venceu a VX Pró
A última categoria da quinta etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross foi a categorias VXPRó, a essa altura a neblina e o vento frio faziam parte do cenário, porém, não foram suficientes para esfriar o clima dentro da pista. Rodrigo Volcan/Pelotas (Volcan Performance Race Tech/Extreme Suplementos/Vó Nelda/JA Transportes/Borracharia Pedro Osório)  largou na frente seguido novamente por Fabiano Ribeiro/Passo Fundo (Loma Noivas/TBT/Bato Fitness/ArtCross/Mecânica Zapanetti), Giovane Pick/Vera Cruz (Transpick Transportes/Postos Central) e Augusto Crizel (Gás Brod/Volcan Performance Race Tech/JA Transportes)  vieram logo atrás. Rodrigo liderou a prova de ponta a ponta e conseguiu manter Fabiano fora de alcance, no entanto, nas últimas voltas Pick marcou a volta mais rápida (0:56.053) e assumiu a segunda colocação e colocou pressão no líder, mesmo assim, Volcan manteve a concentração e venceu a categoria, Pick foi o segundo, Fabiano o terceiro, Augusto Crizel o quarto e Cleomenes Gomes/Camaquã (Madereira JC/JC Materiais de Construção) fechou o pódio na quinta colocação.

A data da sexta etapa do campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross será divulgada nos próximos dias.

O campeonato Gaúcho de Velocross 2012 tem o patrocínio master da RinaldiTotal Distribuidora Moto Peças Ltda.IMS e Mobil, co-patrocínio da Belparts e SobreRodas e apoio da  Mecânica ZapanettiM3Parts/Revenda Kawasaki, Vitrine da Moto, FaroverOctano GraphicsKimoto,SSul e Artemoto.

Texto e fotos: André Charão/Assessoria de Comunicação

 
Próximos Eventos

26/5/2019
TUPANCIRETÃ/RS - 2a ETapa do Pro Tork Gaúcho de VelocrosS.

9/6/2019
MARAU/RS - 2a Etapa da Copa Norte de Velocross 2019

16/6/2019
ERVAL GRANDE/RS - 3a Etapa do Pro Tork Gaúcho VX e 3a Etapa Copa Norte VX 2019

23/6/2019
ARROIO DO MEIO/RS - Pro Tork Gaúcho de VX e Brasileiro de VX 2019

Revollution no YouTube
 
O conteúdo de id "rodape" é inserido aqui