Revollution
Copa Norte
Cadastro / Inscrições
Clique aqui para acessar Sua Conta
As inscrições ON LINE estarão disponíveis no momento adequado para cada prova.
 
 
LAPA/RS - Realiza a Abertura do Paranaense e do Brasileiro de Velocross no próximo final de semana dias 23 e 24/março. Pilotos Gaúchos vamos participar, pois as 03 primeiras etapas do Brasileiro serão realizadas no sul (PR-SC-RS).
 
 
Notícias

 

08/10/2013 - Pilotos deram show no Gaúcho e Sul-Brasileiro de Velocross em Santa Rosa

A cidade de Santa Rosa, no nooreste gaúcho, recebeu neste final de semana a quinta etapa do campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross e segunda etapa do Sul-Brasileiro de Velocross . O evento reuniu os principais nomes do velocross gaúcho na pista montada no Complexo Fucks.

O final de semana foi impecável, o vento soprou bastante em Santa Rosa no final de semana,  o sol apareceu tanto no sábado quanto no domingo, com isso a temperatura manteve-se agradável  nos dois dias da programação do evento. No entanto, a combinação de vento e sol trouxe uma preocupação com a pista, que com estas condições e aliados ao terreno, secava muito rápido. Com as condições do tempo a pista tornou-se a maior preocupação dos organizadores, sendo um trabalho de irrigação e grade.

O público compareceu em bom número para prestigiar os pegas, que,  diga-se de passagem, não foram poucos e chegadas sensacionais.

Confira o que rolou no domingo dentro da pista:

Elder Pirolli volta a vencer na VX4 Nacional
 O piloto da cidade de Tapejara, Elder Pirolli, após três etapas voltou a subir no ponto mais alto do pódio pela categoria VX4 Nacional, a vitória porém, esteve ameaçada no começo da prova. Na largada, Elder Pirolli assumiu a ponta da prova seguido de perto por Everton Marchezan (São Borja), um pouco mais atrás Marco Farias (Lajeado), Heriton Scheffer de Souza (Montenegro) e Luis Carlos Berger (Montenegro) brigavam pela terceira colocação. Poucas curvas após a largada a moto de Marco Farias começou a apresentar problemas o deixcando ligeiramente de fora da disputa, com isso, Berger e Heriton avançaram, nas primeiras voltas a briga pela liderança foi eletrizante, Marchezan chegou a assumir a ponta por duas vezes na mesma volta, no entanto Elder Pirolli deu troco muito rápido nas duas vezes, assim que recuperou definitivamente a liderança Elder forçou o ritmo marcando a volta mais rápida da prova (1:04.457) e abriu uma grande vantagem para levar a bandeirada em primeiro. Em uma boa recuperação e também contando com a sorte Marco Farias voltou a terceira colocação, Luis Carlos Berger mesmo com problemas conseguiu se manter na quarta colocação.

1º - Elder Pirolli
2º - Everton Marchezan
3º - Marco Aurélio Farias
4º -  Heriton Scheffer de Souza
5º - Luis Carlos Berger

Vitória de Santiago Leiria na 50cc
O piloto Santiago Leiria da Silva (Frederico Westphalem)  conquistou a segunda vitória na sua segunda participação no Rinaldi Gaúcho de Velocross, a primeira vitória foi segunda etapa na cidade de Condor. Na largada, Pablo Henrique dos Santos (Panambi) assumiu a liderança da prova, Erick Bom Reis (Rio Grande) e Santiago vieram colocados ao ponteiro brigando pela segunda colocação, os três primeiros colocados imprimiram um ritmo muito forte, qualquer erro poderia dar a chance de ultrapassagem. A pressão de Santiago foi tão intensa que na terceira volta ela deu resultado, em uma manobra ele conseguiu fazer a ultrapassagem em dois pilotos, saindo da terceira colocação para assumir a liderança da prova, mesmo assumindo a ponta Santiago não diminuiu o ritmo marcando a volta mais rápida da prova (1:14.741), a briga pela segunda colocação persistiu até a placa de duas voltas, depois disso  Pablo conseguiu abrir uma pequena vantagem para terminar a prova em segundo, nas duas últimas posições que fecharam o pódio Matheus Cunha Melo (Dom Pedrito) levou vantagem sobre Roberty Godinho (Nova Prata).

1º - Santiago Leiria da Silva
2º -  Pablo Henrique dos Santos
3º - Erick Moura Bom Reis
4º - Matheus Cunha Melo
5º - Roberty Godinho

Jordan Martini vence a terceira seguida na 230cc Pró
Com mais uma participação espetacular, Jordan Martini (Santa Maria) faturou a terceira vitória seguida no campeonato, além disto, o retrospecto do piloto é fantástico, até agora, foram quatro vitórias em cinco etapas. Na largada Jordan assumiu a ponta no final da reta, Agielu Neto (Dom Pedrito), Joel e Jonas  da Costa (Ciríaco), Gustavo e Ricardo Gusberti (Vila Flores), dividiram a primeira curva em busca da segunda colocação, pouco após abrir a segunda volta Agileu Neto perdeu rendimento e saiu da disputa deixando Joel em segundo, a briga pelos cinco lugares no pódio foi constante até o final da prova, enquanto Jordan e Joel abriram vantagem para levar a bandeira em primeiro e segundo,  respectivamente, Gustavo Gusberti, Ricardo Gusberti  e Jonas da Costa disputaram palmo a palmo a terceira colocação, tudo poderia acontecer, tal era o ritmo dos três pilotos, Jordan venceu e de quebra fez a volta mais rápida da prova (1:00.703), os três últimos lugares do pódio foram definidos em centésimos de segundo, a diferença entre o terceiro e quinto colocado foi inferior a meio segundo.

1º - Jordan Martini
2º - Joel da Costa
3º - Gustavo Gusberti
4º - Ricardo Gusberti
5º - Jones da Costa

Giovane Pick vence e assume a liderançda da VX4
Com a segunda vitória consecutiva, Giovane Pick (Vera Cruz) assumiu a liderança do campeonato na categoria VX4. Na largada  Danny de Oliveira (Panambi) assumiu a ponta, logo atrás Elder Pirolli (Tapejara) Giovane Pick e Lauthério Brauch (São Lourenço do Sul) brigaram pela segunda colocação, Elder levou a vantagem, na volta seguinte Pick e Lauthério entraram lado a lado e juntos ultrapassaram Elder no final da reta, antes mesmo de abrir mais uma volta os dois deixaram Danny de Oliveira para trás, a briga pela ponta foi palmo a palmo até Lauthério senti o cansaço e diminuir o ritmo, com isso Giovane abri uma boa vantagem na frente fazendo a volta mais rápida (1:01.416) para leva a bandeira da em primeiro.

1º - Giovane Pick
2º - Lauthério Brauch
3º - Danny de Oliveira
4º - Elder Pirolli
5º - Valteni Brum – Santa Rosa

Gustavo Freitas vence e mantém os 100% na Estreantes 230cc
Em uma prova que tinha tudo para finalizar com uma chegada espetacular, Gustavo de Freitas (Barros Cassal) venceu com folga e conquistou a quinta vitória, mantendo 100% de aproveitamento no campeonato. Na largada Gustavo de Freitas assumiu a ponta da prova com Patrick Machado (São Francisco de Assis) colado em segundo, a atenção do público ficou voltada para o pega sensacional que os pilotos da ponta proporcionaram, os dois só não fizeram chover, na segunda  volta Patrick fez a ultrapassagem em cima de Guto que deu o troco na curva seguinte, no entanto, duas curvas depois foi a vez de Patrick reassumir a liderança da prova, a briga foi eletrizante, na quinta volta porém, Gustavo fez a volta mais rápida da prova (1:02.517) e pressionou o líder, buscando manter a ponta Patrick forçou em uma curva e acabou errando, saindo fora da pista e abandou a prova, com isso Gustavo seguiu com tranquilidade para levar a bandeirada da vitória. a quinta da temporada.

1º - Gustavo de Freitas
2º - Júnior Leandro Pick – Vera Cruz
3º - Cael Scheffer – Santa Rosa
4º - Wagner Toseto – Santa Rosa

Fabiano Ribeiro “voa baixo” e vence a VX3
Com um ritmo de prova muito forte, Fabiano Ribeiro (Passo Fundo) vence a categoria VX3 e de quebra assume a liderança do campeonato. Na largada Rodrigo Volcan (Pelotas) e Maiara Basso (Mato Castelhano) dividiram a primeira curva, a vantagem ficou para Rodrigo que assumiu a ponta, Fabiano Ribeiro esperou a definição e saiu colado nos ponteiros na terceira colocação, Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul), Elder Pirolli (Tapejara), Cleomenes Gomes (camaquã), Danny de Oliveira (Panambi) e Giovane Pick (Vera Cruz) formaram o segundo pelotão. Nas três primeiras Fabiano não tomou conhecimento e meteu pressão para cima dos líderes, a ultrapassagem em cima de Maiara aconteceu ainda na primeira volta, a estratégia usada para assumir a liderança foi esperar a hora certa, que veio assim que abriram a quarta vota, no final da reta Fabiano aproveitou que Rodrigo espalhou na entrada da curva e colocou a moto por dentro assumindo a ponta e abrindo uma boa vantagem. Lauthério Brauch assumiu a terceira colocação, Giovane Pick após perder um tempo precioso saindo do segundo pelotão fez a volta mais rápida da prova (1:00.544) e assumiu a quarta colocação em cima de Maiara. Esta foi a segunda vitória de Fabiano Ribeiro no campeonato.

1º - Fabiano Ribeiro
2º - Rodrigo Volcan
3º - Lauthério Brach
4º - Giovane Pick
5º - Maiara Basso

Matheus Hernandes vence e mantém a liderança na 65cc
Tudo caminhava para que a categoria 65cc fechasse a etapa de Santa Rosa com um novo líder, o que acabou não acontecendo a uma volta e meia da bandeirada, Matheus Hernandes (Rio Grande) contou com a sorte vence se isola na liderança da competição. Na largada Gabriel Costa (Dom Pedrito, dono do melhor tempo nos cronometrados,  assumiu a liderança, logo atrás dele, Bruno Schimitz (Três Passos), não deixou que o líder abrisse vantagem, Matheus Hernandes e João Pedro Roncato (Nova Prata) disputaram a terceira colocação, nessa briga a vantagem ficou com Matheus, Bruno forçou o ritmo em cima de Gabriel, o líder acabou errando na saída de uma curva, Bruno assumiu a ponta da prova, no entanto, na curva da entrada da reta de chegada foi a vez dele errar e acabar caindo, Gabriel recuperou  a ponta e abriu sete segundo do segundo colocado, agora Matheus Hernandes, tudo parecia definido até a placa de duas voltas, quando faltava uma volta e meia para a bandeirada da vitória Gabriel tentou a ultrpassagem em cima do retardatário e acabou errando, saiu fora do trilho e foi ao chão, Matheus aproveitou e acelerou forte para assumir a liderança marcando a volta mais rápida da prova (1:09.771).

1º - Matheus Hernandes
2º - Gabriel Costa
3º - João Pedro Roncato
4º - Arthur Barcelos – Capão do Leão
5º - Bruno Schimitz

Roberto Bergmann vence a Intermediária com o apoio da sua torcida
Correndo em casa e com o apoio da sua torcida, Roberto Calliari Bergmann (Santa Rosa) venceu pela segunda vez consecutiva a categoria Intermediária, no entanto, a vitória não foi fácil. Na largada, Antônio Brazaca (Vila Langaro), Roberto Bergmann, Maiara Basso (Mato Castelhano, Cristiano Rasia (Três de Maio), Danny de Oliveira (Panambi) e Cleomenes Gomes (Camaquã) entraram praticamente lado a lado na primeira curva disputando a liderança da prova,  em uma manobra sensacional Rasia assumiu a ponta com Brazaca em segundo e Bergmann em terceiro, Cleomenes e Danny de Oliveira  fecharam o primeiro pelotão, as três primeiras colocações teve uma espetacular disputa, os três pilotos que disputavam a ponta em um determinado momento ocuparam a liderança, o último que assumiu a liderança foi Roberto Bergamann, Brazaca, que havia ficado para trás, marcou a volta mais rápida (0:58.363) assumiu a segunda colocação, colou no líder e o pressionou muito nas últimas voltas, Bergmann levou a bandeirada menos de meio segundo a frente de Brazaca, numa chegada emocionante. Com o resultado, Brazaca assume a liderança da categoria no campeonato.

1º - Roberto Bergmann
2º - Antônio Edu Brazaca
3º - Cristiano Rasia
4º - Cleomenes Gomes
5º - Danny de Oliveira

De ponta a ponta Dyanos da Silva vence a Intermediária Nacional 
Em sua primeira participação no campeonato na temporada 2013, Dyanos da Silva (Passo Fundo) vence a categoria Intermediária Nacional de ponta a ponta. Na largada Claiton Portela (Passo Fundo) entrou na frente da primeira curva, quem saiu na frente porém foi Dyanos, que assim que assumiu a ponta da prova enroscou o cabo e não deu chances para os demais concorrentes, Jocemar Magni (Estrela), Marcos Onzi (Flores da Cunha), Agileu Neto (Dom Pedrito), Gustavo de Freitas (Barros Cassal), Patrick Machado (S. Francisco de Assis), Kevin Perini (Santa Rosa), Márcio Alarcon (Montenegro), Jonas Parise (Horizontina) e Jonas da Costa (Ciriaco),  fizeram uma alucinante briga pelas três posições restantes no pódio. O líder do campeonato Gustavo Gusberti (Vila Flores), além de não ter feito uma boa largada, ficou no meio do caminho com problemas na moto.  Na segunda volta, Agileu Neto abandonou a prova,  três voltas depois foi a vez de Márcio Alarcon abandonar, Claiton Portela abandou perdeu rendimento e caiu algumas posições, Jonas da Costa imprimiu um ritmo muito forte e cavou a volta mais rápida da prova (1:02.514) e assumiu a segunda colocação, a briga pela terceira colocação entre Jocemar e Kevin foi sensacional e só foi definida, com vantagem para Jocemar, na bandeirada. Mesmo não tendo uma tarde feliz na categoria, Gustavo Gusberti mantém a liderança no campeonato.

1º - Dyanos da Silva
2º - Jonas da Costa
3º - Jocemar Magni
4º - Kevin Perini
5º - Patrick Machado

Vitória de Lucas Basso na VX2
Fazendo a estréia de seu novo equipamento, uma Honda CRF 250, Lucas Basso (Gentil), voltou a vencer na categoria VX2 no Rinaldi Gaúcho de Velocross, fazendo novamente a dobradinha com seu irmão Mateus. Na largada os dois pilotos de Gentil assumiram as duas primeiras posições, Mateus com a vantagem de ser o ponteiro, Cristiano Rasia (Três de Maio) ocupou o terceira colocação, porém, antes mesmo de completar a primeira volta acabou abandonando a prova. Roberto Weber (Ijuí), Maicon Galiotto (Flores da Cunha), Weslen Gomes (Camaquã),  Matheus Piva (Capão Bonito) e Henrique Nicoletti (Ijuí) disputaram as três colocações restantes no pódio. Lá na frente a briga era caseira, Lucas apertou o ritmo em cima do irmão, que mesmo cravando a volta mais rápida da prova (0:58.185) não conseguiu manter a liderança. Em uma ótima arrancada Henrique assumiu a quarta colocação.

1º - Lucas Basso
2º - Mateus Basso
3º - Roberto Weber
4º - Henrique Nicoletti
5º - Weslen Gomes

Nova vitória de Gabriel Della Flora na 85cc
Acostumado as pistas de motocross, Gabriel Della Flora, se aventurou mais uma vez no Gaúcho de Velocross, a sua primeira participação nesta edição do campeonato havia sido na etapa anterior na cidade de Dom Pedrito. Gabriel assumiu a ponta da prova assim que o gate caiu, Diego da Silva (Camboriu/SC), Kamila Rocha (Chui) e Michel Andrade (Dom Pedrito), entraram lado a lado na primeira curva na disputa pela segunda colocação, o catarinense levou vantagem e saiu na frente, Gabriel e Diego abriram uma boa vantagem nas primeiras voltas, Kamila e Michel disputaram palamo a palmo a terceira colocação, assim que conseguiu a ultrapassagem em cima da Kamila, Michel partiu para o ataque ao segundo colocado, Gabriel Della Flora venceu a prova de ponta a ponta com direito a volta mais rápida (1:04.981), antes da bandeirada, Michel assumiu a segunda colocação.

1º - Gabriel Della Flora
2º - Michel Andrade
3º - Diego da Silva
4º - Kamila Rocha
5º - Gabriel Costa

Luciano De Conto vence mais uma na VX3 Nacional
A disputa da categoria VX3 Nacional foi marcada pela presença de Luiz Refatti, campeão da categoria em 2012, que voltou a competir após recuperar-se de uma fratura na mão. Na largada, Luciano De Conto (Passo Fundo) abriu o caminho para mais uma vitória, a quarta consecutiva, assim que o gate caiu, logo atrás em segundo, Elder Pirolli (Tapejara), seu adversário direto pelo título, Luiz Refatti voltou bem e manteve uma boa disputa pela terceira colocação com Marco Farias (Lajeado) e Jocemar Magni (Estrela). Com uma tocada muito forte De Conto cravou a volta mais rápida da prova (1:04.001) e venceu a categoria de ponta a ponta, Jocemar Magni apertou o ritmo e assumiu a terceira colocação, Marco Farias perdeu rendimento e perdeu a quinta colocação para Marcos Perini (Santa Rosa).

1º - Luciano De Conto
2º - Elder Pirolli
3º - Jocemar Magni
4º - Luiz Refatti
5º - Marcos Perini

Vitória de ponta a ponta de Roberto Weber na Estreantes Importadas
A categoria teve uma das mais surpreendentes finais da etapa, com piloto perdendo a segunda colocação com problemas na moto a poucos metros do final. Na largada Roberto Weber (Ijui) assumiu a ponta, logo atrás, Rodrigo dos Santos (Rosário do Sul), Diovam Hoffmann (Panambi), Henrique Nicoletti (Ijuí) e Bruno Baumgartner (Santa Rosa) abriram a disputa pela segunda colocação, na terceira volta, Rodrigo já havia perdido três posições, Bruno partiu para cima de Roberto em busca da liderança da prova, no entanto, o forte ritmo do líder, que cravou a volta mais rápida (1:02.887) e não deu chances as pretensões de Bruno, que viu a segunda colocação cair nas mãos de Henrique na última volta a poucos metros da linha de chegada, tendo que empurrar a moto para fechar a prova na terceira colocação. Com esse resultado Henrique assume a liderança da categoria no campeonato.

1º - Roberto Weber
2º - Henrique Nicoletti
3º - Bruno Baumgartner
4º - Diovam Hoffmann
5º - Maicon Galiotto  

Jordam Martini vence a Nacional Força Livre
Duas eletrizantes baterias definiram o vencedor da categoria Nacional Força Livre. Nas duas o grande duelo foi entre Felipe Deloss (Lajeado), líder e Jordan Martini (Santa Maria), vice-líder do campeonato. Na primeira bateria Luciano De Conto (Passo Fundo)  saiu na frente, logo atrás Felipe Deloss e Jordan Martini colaram na segunda e terceira colocação respectivamente. Assim que fizeram a ultrapassagem em cima de De Conto os dois proporcionaram disputa sensacional pela vitória. Felippe Deloss levava vantagem na parte mais rápida da pista, Jordan encolhia a pequena vantagem na parte mais travada, foi nesta parte da pista que na oitava volta Jordan, que já havia marcado a volta mais rápida da prova (0:58.912), tentou a ultrapassagem e acabou batendo na roda traseira de Deloss, que aproveitou e abriu uma grande vantagem para conquistar a vitória, Jordan ainda tentou uma reação, mas não teve tempo suficiente para tentar uma aproximação no líder, Dyanos da Silva (Passo Fundo) alcançou o terceiro lugar após superar De Conto, Vinícius Pilz (Venâncio Aires) não teve uma boa largada e teve que se desdobrar para recuperar posições e fechar em quinto.

Na segunda bateria Deloss puxou a ponta após uma forte queda de Dyanos e Luciano De Conto, Jordan, em segundo,  passou a atacar o líder, devido ao socorro aos pilotos, a prova foi interrompida com bandeira vermelha. Na re-largada novamente Deloss assumiu a ponta e novamente Jordan pressionou na segunda colocação, forçando Deloss ao erro, o que aconteceu assim que ele foi ultrapassado pelo piloto de Santa Maria, Joel da Costa em tereceiro, Mauro Wieczorek (Guarani das Missões) em quarto e Jonas Parise (Horizontina) fecharam as cinco primeiras posições. Confira  abaixo resultado com a somatória das duas baterias:

1º - Jordan Martini
2º - Felippe Deloss
3º - Joel da Costa
4º - Mauro Wieczorek
5º - Jonas Parise

Dobradinha dos irmãos Basso na VXPRó
Os irmãos Mateus e Lucas Basso, dominaram a categoria VXPró, desta vez, porém, quem levou a melhor foi Mateus Basso, que vence a prova de ponta a ponta. Na largada a dupla da cidade de Gentil saiu atrás de Rodrigo Volcan  (Pelotas) que assumiu a ponta no final da reta de largada, duas curvas após Mateus e Lucas já haviam superado Rodrigo, o deixando em terceiro, Fabiano Ribeiro(Passo Fundo) que havia tentado surpreender na primeira curva entrando por fora, acabou caindo e perdendo segundos preciosos e o contato com os demais pilotos, na segunda volta Volcan abandonou a prova, duas voltas depois foi a vez de Fabiano Ribeiro dar adeus, Cristiano Rasia (Três de Maio) e Edu Brazaca (Vila Langaro) encostaram nos líderes mas não conseguiram manter o embalo dos ponteiros.

1º - Mateus Basso
2º - Lucas Basso
3º - Edu Brazaca
4º - Cristiano Rasia
5º - Giovane Pick

O campeonato Gaúcho de Velocross 2013 tem o patrocínio master da RinaldiHONDATotal Distribuidora Moto Peças Ltda.IMS, co-patrocínio da SobreRodas e apoio da Vitrine da Moto, M3 Racing, Vinhos e Sucos Galiotto, FaroverKimoto e Artemoto.

Texto e Fotos: André Charão/Assessoria de Comunicação

 
Próximos Eventos

23/3/2019
LAPA/PR - Abertura do Paranaense e Brasileiro de Velocross 2019

30/3/2019
ARVOREZINHA/RS - Final do Gaúcho Arena Velocross (Noturna)

7/4/2019
CANELINHA/SC - 2a Etapa do Catarinense e Brasileiro de Velocross 2019.

14/4/2019
TIO HUGO/RS - Abertura da Copa Norte de Velocross 2019.

20/4/2019
IBIRUBÁ/RS - Abertura do Gaúcho de MX 2019.

Revollution no YouTube
 
O conteúdo de id "rodape" é inserido aqui